@ Phase 108.1

sábado, 12 de outubro de 2013

Ele mantém o sonho vivo







































À terceira tentativa, parece que foi mesmo desta que a digressão «Wrecking Ball» de Bruce Springsteen com a eterna E Street Band chegou ao fim, depois de ter começado em Março de 2012.
Não foi a maior digressão mundial do autor de «Born To Run», mas foi a maior dos últimos 27 anos.
Desta vez parece mesmo que a digressão cortou a meta, porque a notícia foi oficializa por um comunicado ontem tornado público pelo próprio Boss.
Um agradecimento emocionado à escala mundial, após centenas e centenas de horas em palco, dias, semanas, meses consecutivos. Um ano e meio à volta do Mundo. Desta vez, Portugal não ficou de fora.
Exceptuando a duração da digressão, todos os anteriores recordes foram batidos. As maiores assistências de sempre. Centenas de milhares de pessoas, à tarde, à noite e já de madrugada. Com Sol, chuva, vento, calor e frio. Todas as fases da Lua.
O espectáculo com maior duração ocorreu em Helsínquia: mais de seis horas seguidas em palco. Começou ainda com a luz do dia na capital finlandesa. Antes disso, nessa mesma tarde, após os testes de som, Bruce actuou para quem já lá estava a marcar lugar. Fê-lo sozinho, em formato acústico durante cerca de uma hora. Inacreditável!



































Desenganem-se os que pensam que se trata de uma meta final.
Esta força da natureza feita de carne, osso, vontade e muita alma, já tem novas datas marcadas para o próximo ano na Austrália e Nova Zelândia. Uma digressão renovada nos antípodas, mas ainda sem nome. Em Fevereiro e Março de 2014.
Antes disso, cumprindo o seu habitual papel de incansável benemérito, Springsteen estará a fazer o que melhor sabe em cima de um palco em Nova Iorque, no histórico Madison Square Garden, já no próximo dia 6 de Novembro, em mais um concerto de solidariedade.
Prevê-se novo disco, que já está na forja, onde poder-se-á encontrar uma nova gravação do tema “Dream Baby Dream”. Um clássico dos Suicide de Alan Vega e Martin Rev, que Bruce Springsteen interpreta há anos em algumas actuações ao vivo.
É com esse tocante vídeo – que espelha bem algumas das muitas emoções fortes de comunhão partilhadas na digressão – que o actual Rei do Rock (é-o desde a morte de Elvis Presley) agradece aos fãs, admiradores e público, despedindo-se com um promissor “até já!”.



Dream baby dream
Come on and dream baby dream

We gotta keep the light burning
Come on, we gotta keep the light burning
Come on and dream baby dream

We gotta keep the fire burning
Come on, we gotta keep the fire burning
Come on and dream baby dream


Come on and open up your heart
Come on dream on, dream baby dream

Come on and open up your heart
Come on and open up your hearts
Come on dream on, dream baby dream

Come on, we gotta keep on dreaming
Come on dream on, dream baby dream

Come on darling and dry your eyes
Come on dream on, dream baby dream

Yeah I just wanna see you smile
Come on dream on, dream baby dream

Come on and open up your hearts
Come on dream on, dream baby dream

Yeah I just wanna see you smile
And I just wanna see you smile
Come on dream on, dream baby dream

Come on and open up your heart
Come on dream on, dream baby dream

Come on dream on, dream on baby
Come on dream on, dream baby dream
























Like a BOSS!
O concerto final da «Wrecking Ball Tour» teve lugar no «Festival Rock in Rio», no passado dia 21 de Setembro. Em grandiosa apoteose!
E o que fez o protagonista depois da festa? Foi para as ruas do Rio de Janeiro, favelas incluídas, confraternizar com o povo.
Nenhuma outra estrela musical desta dimensão faria uma coisa assim. 


Ele mantém o sonho vivo! E tu?

Sem comentários: