@ Phase 108.1

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

LINHAS CRUZADAS #30














STAN GETZ, ANTONIO CARLOS JOBIM, JOÃO GILBERTO e ASTRUD GILBERTO

O encontro histórico de que vos venho falar aconteceu em Março e 1963. Em apenas dois dias de gravação, num estúdio em Nova Iorque, escreveram-se as mais famosas páginas da mundialização da Bossa Nova.
O disco «Getz/Gilberto» traduz a mais conhecida faceta internacional do movimento cultural brasileiro nascido pelas mãos de António Carlos Jobim, Vinicius De Moraes e João Gilberto.
A mais famosa "Garota de Ipanema" da história encontra-se aqui, nas vozes do Mito João e da então sua mulher Astrud (a cantar em inglês); nas teclas do piano do Mestre Soberano (como lhe chamava Chico Buarque) Jobim, no saxofone do músico de Jazz norte-americano Stan Getz e na poesia de Vinicius De Moraes.



















Mais de 45 anos depois, perdura fresca e cristalina a arte maior de um estilo único de música cantada em português na primeira das três obras absolutas da internacionalização da Bossa Nova. Os outros dois marcos essenciais são os álbuns que Jobim fez com Frank Sinatra, em 1967 e João Gilberto com Claus Ogerman [no álbum «Amoroso»] dez anos mais tarde.
Vem da primeira metade dos anos 60 este cruzamento mágico entre Astrud, Jobim, Getz e Gilberto.

DOWNLOAD
Tempo total: 11:14

Crónica originalmente publicada em Outubro de 2009

Sem comentários: