@ Phase 108.1

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Changeling are a challenge to the Radio

A troca

O novo filme de Clint Eastwood, "Changeling" tem como cenário os já muito distantes anos 20.

Numa narrativa clássica baseada em factos reais, Eastwood aborda o tema da corrupção da policia da cidade dos anjos. Tudo valia, mesmo tentar convencer uma mãe (Angelina Jolie) que o seu filho desaparecido era um outro encontrado pela polícia.
Afinal como podiam eles ter-se enganado.

A mãe não se deixa assustar e inicia uma luta contra quem a tenta calar, contra quem não quer assumir o erro e continuar as buscas.

E não era a única a querer denunciar as injustiças.
Há na cidade um pastor presbiteriano (John Malkovich) que mantem um programa de Rádio diário que utiliza para criticar abertamente todo o sistema policial.

E numa época em que a indústria audiovisual ainda estava no início, em que Los Angeles ainda estava longe de ser uma cidade do Cinema, é pela Rádio que se consegue chegar às massas, é pela Rádio que o padre faz a sua luta.

Naturalmente que no filme a Rádio está num plano secundário, não deixa de ser curioso ver a cena em que a protagonista principal (Angelina Jolie) ouve pela Rádio a primeira entrega dos óscares da indústria cinematográfica.

Eram outros tempos. Os actores principais da comunicação de massas eram bem diferentes, a Rádio tinha um protagonismo perdido há muito.

E a troca de protagonistas tem que ser encarada como um desafio para a Rádio, afinal estamos num outro século, alguma coisa tem que mudar ....

("I don't want to be on the radio. I don't want to be on MTV."
John Frusciante)

Sem comentários: