@ Phase 108.1

terça-feira, 16 de julho de 2013

DCD – World Tour 2012-2013


































Na passada noite de Sábado terminou a digressão mundial dos Dead Can Dance 

A Anastasis World Tour iniciou-se em Agosto de 2012 na cidade de Vancouver, no Canadá, e encerrou em Santiago do Chile dia 13 deste mês.
Em cerca de um ano foram 88 concertos em 22 países (Portugal incluído) em 4 continentes. Só África ficou de fora. Foi a maior digressão mundial de sempre dos Dead Can Dance em mais de três décadas de vida. «Anastasis» é o álbum de originais mais bem sucedido da banda em apenas um ano (hoje em dia todos os anteriores continuam a ter procura) e chegou a disco de ouro na Polónia.
Dos quase noventa concertos, três tiveram lugar em Portugal. Pela primeira vez os Dead Can Dance tocaram ao vivo no Porto e em Lisboa.
A Anastasis World Tour fez duas voltas na América do Norte, duas voltas na América do Sul e outras duas na Europa. Os Dead Can Dance actuaram na Austrália que os viu nascer, pela primeira vez em vinte anos.
























Todas as metas anteriores foram ultrapassadas pela dupla Lisa Gerrard e Brendan Perry. Mas surge agora a questão mais inquietante de todas: e a partir daqui?
Lisa Gerrard regressará à bucólica quinta nas montanhas azuis no sul da sua Austrália natal. Brendan Perry à igreja/casa/estúdio em Quivvy na sua ancestral Irlanda. Mas o que se seguirá? Mais um hiato dos Dead Can Dance, ou novo disco de originais para breve?
A experiência anterior na longa carreira dos Dead Can Dance mostrou que tanto um novo hiato, mais ou menos prolongado, ou um novo trabalho de originais, mais menos breve, podem acontecer.
Sabe-se igualmente que ambos poderão regressar, mas em nome próprio, retomando as respectivas carreiras a solo.
É também do conhecimento dos apreciadores mais informados que material novo para editar é coisa que não falta aos Dead Can Dance.
O que falta mesmo é saber o que se seguirá. Até agora, nem uma notícia.


Sem comentários: