@ Phase 108.1

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Brendan Perry – “Eros”






















Quarta e última canção de uma curta série de novos temas que Brendan Perry estreou na digressão do álbum «ARK» (Lisboa, 14 de Março 2010), no palco do Santiago Alquimista.
Temas que não pertencem ao segundo álbum a solo, editado no dia 07 de Junho do ano passado.
Segundo as últimas informações, irão sim fazer parte do próximo álbum a solo do fundador dos Dead Can Dance. Também segundo as últimas informações, o novo álbum será editado após o Verão deste ano.
Actualmente Brendan Perry encontra-se em digressão na América do Norte (Estados Unidos e Canadá), em parceria ao vivo com Robin Guthrie, o ex-guitarrista e fundador dos Cocteau Twins.
A digressão norte-americana de «ARK» iniciou-se no passado dia 30 de Maio em Washington e terminará no próximo dia 14 de Junho na Califórnia.



BRENDAN PERRYEros

First time I saw you
The hands of time stood still
For a moment you were back
And then my heart stood still

But your arms belong
To another man’s arms
So i returned to my dreaming

We would dance for the night
Like lovers turning round the sun
And fell apart with lies
We stole glances like thieves in the night

But your arms belong
To another man’s arms
So i returned to my dreaming

I would lie around in my bed
Wondering if I should get out of it
But the order must be fair
And I must sing, sing my unrequited love song

All through the seasons
And love it denies
I always adored you
From the for

It walls inside you
An ocean feel your love separate
The eyes
We learn to smash the way

But your arms belong
To another man’s arms
And I’m holding and feeling
Oh so low I’m feeling

Will dance rule the night
And morning sails on to
And set apart delight
We stole glances like thieves in the night

But your arms belong
To another man’s arms
So I returned to my dreaming

I would lie around in my bed
Wondering if I should get out of it
But the order must be fair
And I must sing, sing my unrequited love song

All through the seasons
And love it denies
I always adored you
From the for

Sem comentários: