@ Phase 108.1

segunda-feira, 28 de junho de 2010

4AD – 1983 / This Mortal Coil





















Antes do álbum «It'll End in Tears», o colectivo This Mortal Coil estreou-se com um EP em 1983. No alinhamento apenas três temas num mini-álbum que seria o percursor de uma fabulosa trilogia de longa duração entre os anos de 1983 e 1991.
Os três temas de «Sixteen Days/Gathering Dust» foram tocados e interpretados por Gordon Sharp (dos Cindytalk), Robin Guthrie e Elizabeth Fraser (dos Cocteau Twins), Michael Conroy e Gary McDowell (dos Modern English) e ainda Martyn Young (dos Colourbox). Foi esta a formação fundadora do projecto idealizado por Ivo Watts-Russel (mentor e proprietário da 4AD), em Wadsworth, Londres. O produtor foi John Fryer, o principal arquitecto do tão característico som 4AD.
"Sixteen Days/Gathering Dust" são as versões – muito alteradas – de duas composições dos Modern English, na altura também uma formação albergada pela editora independente 4AD.
Mas a principal atracção deste EP dos This Mortal Coil é a soberba versão da canção “Song To The Siren”, de Tim Buckley. Apenas a voz de Elizabeth Fraser acompanhada pela space guitar de Robin Guthrie e assim se reconstruiu um clássico no universo alternativo britânico, ainda na primeira metade da década de 80 do século passado.
A mesma interpretação faria parte do álbum «It'll End in Tears», já em 1984.
Apreciada até aos dias de hoje, muitos consideram a interpretação da dupla Fraser e Guthrie superior ao original de Buckley.
Seguem-se as imagens do vídeo oficial da versão dos This Mortal Coil no tema “Song To The Siren”:



This Mortal Coil - "Song to the Siren"

On the floating, shapeless oceans
I did all my best to smile til your singing eyes and fingers
drew me loving into your eyes
And you sang "Sail to me, sail to me;

Let me enfold you"
Here I am, here I am waiting to hold you

Did I dream you dreamed about me?
Were you here when I was full sail?
Now my foolish boat is leaning, broken love lost on your rocks

For you sang, "Touch me not, touch me not, come back tomorrow"
Oh my heart, oh my heart shies from the sorrow
I'm as puzzled as a newborn child
I'm as riddled as the tide
Should I stand amid the breakers?
Or shall I lie with death my bride?
Hear me sing:

"Swim to me, swim to me, let me enfold you"
"Here I am. Here I am, waiting to hold you"

Sem comentários: