@ Phase 108.1

quarta-feira, 24 de março de 2010

Mensagem para os Mensageiros

















O mito urbano verdadeiro
Desde 1994, através do álbum «Spirits», que não passava Gil Scott-Heron na Rádio. Nestas noites em directo caiu-me literalmente na sopa da emissão um majestoso regresso do poeta urbano. Autor de clássicos como “The Revolution Will Not Be Televised” (1970) ou “The Bottle” (1974), Gil Scott-Heron está outra vez a passar na Rádio. Dizem que sem ele não haveria RAP. Na verdade, sem ele não haveria muita coisa. Muita coisa de bom e de inovador que o hip-hop e a soul trouxeram à vida nas últimas décadas, apesar de perto dele os Massive Attack, por exemplo, parecem uns meninos de coro (e são-no!).
Em "Me and the Devil" (álbum deste ano «I’m New Here») vemos o cenário da grande cidade e os fantasmas que habitam os seus mais densos guetos. Criaturas da noite, vagueando pelas ruas escuras em busca da fétida luz na grande maçã discriminatória.
No próximo dia 1 de Abril Gil Scott-Heron completará 61 anos de idade e está em grande forma.
Em Maio estará cá para uma apresentação ao vivo.



No matter how far wrong you’ve be gone, you can always turn around
Looking to the future. Gil Scott-Heron rejoins the present


Gil Scott-Heron – site oficial
Gil Scott-Heron – MySpace

1 comentário:

Nídio Amado disse...

"...apesar de perto dele os Massive Attack, por exemplo, parecem uns meninos de coro (e são-no!)."

Palmas :)