@ Phase 108.1

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Árvores negras, folhas de prata






















Devo e quero concordar com a maioria das inevitáveis listas de melhores álbuns musicais que se fazem todos os anos e que, em Dezembro passado, apontaram o disco dos Animal Collective como o melhor de 2009.
Nem sempre ouvimos mais o que é melhor, mesmo que concordemos. É o caso. Para mim, o disco do ano 2009 não é aquele que considero melhor. É-o por o ter consumido mais, a partir do dia em que o adquiri (28 de Novembro 2009). «The Black Opal» de Lisa Gerrard foi editado em Setembro do ano passado.
E uma das maiores surpresas é Lisa Gerrard investir mais na língua inglesa por comparação com a sua obra anterior. Mais uma etapa na versatilidade a que já nos habituou. E é também uma nova era enquanto empresária, fundando a sua própria editora, após ter cessado uma longa ligação à casa mãe que mantinha desde 1984: a editora independente britânica 4AD.
Depois de nos ter cantado em idiomas exóticos, raros ou extintos, como o Aramaico, Gaélico, Esperanto, Latim, Árabe, Hebraico, Hindu ou ainda em idiomas inexistentes, explorando ao limite as fronteiras das capacidades da fonética utilizada como instrumento abstracto. No álbum «The Black Opal» encontra-se no alinhamento uma curiosa versão do clássico de Bob Dylan “All Along The Watchtower” (que Jimi Hendrix fez uma famosa versão em 1968).
No entanto o tema mais escutado até agora tem sido “Black Forest”. Não há vídeo, mas pode-se escutar aqui (YouTube) e também na ligação ao site MySpace (ver em baixo).


















O que penso e escrevo sobre este disco e esta cantora não são as palavras de um crítico musical profissional ou de um analista da qualidade da produção da indústria. São as palavras de um fã, que acompanha a carreira desta singular cantora australiana há mais de vinte e cinco anos.
Lisa Gerrard nunca actuou em Portugal. No ano em que o seu antigo parceiro (Brendan Perry) nos Dead Can Dance estará cá também pela primeira vez, talvez Lisa faça uma ou mais aparições em palcos nacionais neste ano 2010 em que se prepara para realizar uma digressão mundial.
A tudo isto resta acrescentar (ainda!) que Lisa Gerrard não passa em nenhuma rádio de dimensão nacional.

Lisa Gerrard – “Come Tenderness
(do album de 2006 «Silver Tree»)



Lisa Gerrard MySpace
Lisa Gerrard Site Oficial
Lisa Gerrard Facebook

Sem comentários: