@ Phase 108.1

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

LINHAS CRUZADAS # 03















GRAMM

É longa e bastante reconhecida a herança profunda da música electrónica proveniente da Alemanha. Principalmente por influência directa, ou menos directa, dos Kraftwerk.
Um dos músicos mais recentes a assumir essa herança é Jan Jelinek, que tem dois alter-egos: FARBEN e GRAMM. É com esta identidade – GRAMM – que este músico alemão editou um álbum no ano 2000, talvez por ironia, intitulado «Personal Rock».
Reside aqui uma patine melancólica em fundo. Dois tempos projectados numa mesma tela, como nos filmes de Elia Kazan: um cenário em primeiro plano, e um outro enredo a correr em fundo.
De Rock não há nada neste álbum, mas sim um mosaico ultra panorâmico de electrónica pura, num retrato fiel à ascendência dos "padrinhos" Kraftwerk.
Batidas dançantes e uma atmosfera nocturna a inspirar outras danças.
Um cruzamento de gerações, afastadas no tempo, mas jutas no som e na atitude.
«Personal Rock»: no arranque deste novo milénio, GRAMM. Alemanha, ano 2000.

Tempo total: 06:25


Crónica originalmente publicada em Março de 2006

Sem comentários: