@ Phase 108.1

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

LINHAS CRUZADAS # 01












BRIAN ENO
Do primeiro ao último: Brian Peter George Saint Baptiste de la Salle Eno
Membro fundador dos Roxy Music, onde foi teclista nos primeiros anos da banda de Brian Ferry.
Não levou muito tempo até se estrear a solo, com o álbum «Here Come The Warm Jets» de 1973, do qual se inclui a canção “On Some Faraway Beach”.
Mas Brian Eno não é o que é hoje por ser um cantor. Ele é um músico do silêncio, um pintor de sons.
Tudo começou numa manhã de 1975. Brian estava de cama, após ter sido atropelado. Um amigo deixou-lhe um disco de música de Harpa do século 18. Não foi fácil para o paciente colocar o disco a tocar, e, depois de voltar para a cama, deu-se conta que o volume estava muito baixo.
Limitado nos movimentos, Brian deixou-se ficar deitado, a usufruir daquela música que – quase sem se ouvir – misturava-se com outros ruídos ambiente.
A experiência levou-o a construir uma vasta obra com trabalhos instrumentais, colaborando com outros mestres do silêncio: Harold Budd, Daniel Lanois ou o irmão Roger.



É com canções que Brian Eno balizou os últimos 32 anos [1973 – 2006] de carreira. O próximo mês de Fevereiro [2006] trará novo registo gravado, mas até lá, o mais recente ainda é «Another Day on Earth», editado em 2005. Um hino ao futuro!

Crónica originalmente publicada em Janeiro de 2006

DOWNLOAD
Tempo total: 10:32

Sem comentários: