@ Phase 108.1

domingo, 12 de abril de 2009

Tributo à Íntima Fracção

Este blog resulta da associação de um grupo de pessoas que partilham uma paixão, a rádio. Não minto, se disser que essa paixão pela rádio se confunde com a própria Íntima Fracção. Pessoalmente, grande parte da minha identidade musical e radiofónica, nasceu e cresceu com a Íntima Fracção. Só descobri a Íntima Fracção na TSF. Recordo, saudosamente, as noites em que prolongava a leitura de um livro para preencher o tempo até à emissão da Íntima. Noites de rádio. Rádio. Com R maiúsculo. Noites em que senti e aprendi.
Com o advento da internet, nos finais dos anos 90, tive a oportunidade/atrevimento de trocar um primeiro email com o Francisco Amaral. Recordo-me que pouco tempo depois, entusiasmado com a troca de ideias que na altura se proporcionou, acabei por entrar para a RUM, onde dei início à minha ligação com a produção e realização radiofónica. A Íntima Fracção é uma das minhas principais referências e tudo o que fiz e faço na RUM continua a ser influenciado pelo trabalho do Francisco. Tal como no primeiro email que enviei ao Francisco, gostaria de hoje prestar tributo à Íntima Fracção enquanto parte fundamental da história da rádio portuguesa dos últimos 25 anos.

2 comentários:

Francisco disse...

Meu caro Nídio : há uma única palavra - obrigado. Já disse isto várias vezes, mas de facto só muito recentemente tomei consciência da importância relativa da IF para certas pessoas. Este 25º aniversário trouxe-me o feed-back de muita gente e, sobre tudo, de gente do meio que, confesso, pensei já estivesse esquecido a IF.

Nídio Amado disse...

Eu é que tenho de agradecer. Obrigado Francisco.