@ Phase 108.1

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Cada vez vendem-se menos rádios/telefonias em Portugal?

Certo?
Errado!
Nos últimos dois anos as empresas que criam telemóveis deparam-se com um problema em relação aos conteúdos multimédia: os elevados custos dos pacotes de dados nas redes móveis. A título de exemplo, recordo, que as 3 maiores operadoras móveis nacionais, cobram 99 cêntimos por cerca de 10mb de tráfego. Para quem deseja ouvir uma rádio online, isto representa cerca de 1 hora de emissão. A alternativa serão as redes Wifi gratuitas que ainda não estão massificadas no nosso país. A Nokia foi uma das primeiras empresas que se apercebeu da importância de oferecer conteúdos gratuitos aos seus clientes, ou pelo menos, disponibilizar aqueles que existem. Assim, já há um par de anos, que produz telemóveis com receptor FM incorporado. Estamos a falar de quase todos os dispositivos, desde modelos de baixa gama até aos mais caros. As rádios, ou as equipas de marketing das rádios, parecem, insistentemente, por de lado este filão. Incentivar o consumo de rádio poderia ser um bom começo para resolver alguns dos problemas das rádios nacionais. Gostaria de tropeçar, um dia destes, num outdoor com um: "Vá lá, sintonize o seu telemóvel, é grátis!".

Sem comentários: