@ Phase 108.1

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

VP revisited














Aquando do texto «Corrida Contra o Destino» faltou referir a não menos incrível Banda-Sonora do filme «Vanishing Point». Para um filme contra-corrente, assumidamente alternativo na contra-cultura norte-americana no início da década de 70, uma trilha sonora também fora de linha. Isto é, também ela longe das parangonas. Alternativa. Nomes de segunda ou terceira linha do caldo norte-americano pós-hippie e pós-psicadélico, sem contudo descolarem de alguns desses paradigmas ainda muito vincados nas espiras dos discos de vinil da época. No alinhamento encontram-se nomes tão empoeirados como esquecidos, ou sequer nunca por cá conhecidos. Dos empoeirados destaca-se uma ainda irreconhecível voz de Kim Carnes na dupla Kim & Dave, a léguas de antecipada distância dos olhos de Bette Davies que lhe dariam fama e fortuna. Dos esquecidos, podemos referir Bobby Doyle, que foi membro dos Blood Sweat and Tears, ou ainda do estupendo guitarrista (discípulo de Chet Atkins) Jerry Reed, recentemente falecido. Do desconhecimento total emerge, ao ouvir-se esta Banda-Sonora, a onírica composição “Love Theme” de The Jimmy Bowman Orchestra and Chorus.
Claro que podemos esperar até muito para além da morte para ouvirmos temas desta Banda-Sonora passarem na Rádio portuguesa, mas também na contra-corrente do Status-Quo dominante, há o podcast e os seus devotos autores.
E vale um desafio para um irmão de éter? A música deste vídeo (com imagens originais do filme de 1971) remete ao cuidado de Hugo Pinto. “Love Theme” tem a cara das «Miss Tapes»!

Sugestão de livros sobre Rádio e sobre Cinema no blogue «Industrias Culturais» de Rogério Santos: Harry Field e Paul Lazarsfeld (1946). The People Look at Radio. Paul Lazarsfeld e Patricia Kendall (1948/1979). Radio Listening in America. The People Look at Radio










1 comentário:

Hugo Pinto disse...

Indeed, meu caro. Indeed.
A emissão segue dentro de momentos.